• Idioma

Atividades do Programa > Dissertações

ANA CECÍLIA ARAÚJO SOARES DE SOUZA | Turma 2013

O corpo como zona de inventividade no processo de criação de Wagner Rossi Campos

Autor: Ana Cecília Araújo Soares de Souza
Título(s):
[pt] O corpo como zona de inventividade no processo de criação de Wagner Rossi Campos.
[es] El cuerpo como zona de invención en el proceso de creación de Wagner Rossi Campos
Resumo(s):
[pt] A presente pesquisa aborda o processo de criação do performer Wagner Rossi Campos a partir do atravessamento de suas referências simbólicas e estéticas, modos, diretrizes e nuances de trabalho. Na busca de se aventurar por outros universos sensórios, transformando seu próprio corpo em um canal aberto para suas experimentações poéticas, Campos promove hibridações da linguagem performática com outras práticas de naturezas distintas, das quais destacamos o seu envolvimento com os protótipos ritualísticos. A Crítica de Processo proposta por Cecilia Almeida Salles, com fundamentação teórica na Semiótica de Charles Sanders Peirce, nos serviu como estratégia para o desenvolvimento de uma reflexão fluída e sensível aninhada em um movimento contínuo, não-linear, inferencial, que não limitasse a riqueza de possibilidades trazidas pelo percurso criativo deste artista. A metodologia também consistiu na sistematização bibliográfica e na realização de entrevistas com Wagner, servindo-nos, inclusive, como uma das principais fontes de informação para o entendimento mais profundo de seus procedimentos de trabalho, o que nos proporcionou, ainda, detectar questões significativas, como: a ideia da performance como campo de energia; o corpo como acontecimento; a exposição dos documentos processuais; as matérias-primas utilizadas; o diálogo do artista com o público participante de uma ação; a elaboração de uma escrita performática; a preferência do termo ação no lugar de performance; o sincretismo religioso e a crítica à cultura colonizada na América-Latina. Com isso, acreditamos que o diálogo arte e ritual efetuado pelo performer contribui na construção de uma performance ritualística que, por sua vez, nos revela algo novo: o corpo do artista como uma espécie de zona de inventividade, a partir da qual o artista amplia sua subjetividade e, assim, rompe com hábitos corporais, temporais, cognitivos e afetivos.
[es] Este estudio aborda el proceso de creación del artista Wagner Rossi Campos desde el cruce sus referencias simbólicas y estéticas, los modos, las directrices y los matices de trabajo. En la búsqueda de incursionar en otros universos sensoriales, transformando su cuerpo en un canal abierto para sus experimentos poéticos, Campos promueve la hibridación del lenguaje performativo con otras prácticas de diferentes naturalezas, de los cuales podemos destacar su su relación con en los prototipos ritualistas. La Crítica del Proceso propuesto por Cecilia Almeida Salles, con base teórica en la Semiótica de Charles Sanders Peirce, nos sirvió como una estrategia para el desarrollo de una reflexión fluido y sensible instalada en un movimiento continuo, no-lineal, inferencial, que no limita la riqueza de las posibilidades presentadas por el trayecto creativo de este artista. La metodología también implicó en la sistematización bibliografíca y en la realización de entrevistas con Wagner, que nos sirvió, incluso, como una de las principales fuentes de información para la comprensión más profunda de sus procedimientos de trabajo, el que nos ofreció también detectar problemas significativos, cómo: la idea de la performance como campo de energía; el cuerpo como un acontecimiento; la exposición de los archivos; las matérias-primas utilizadas; diálogo del artista con el público participante de una acción; el desarrollo de um escrito performativo; la preferencia de la palavra acción por performance; el sincretismo religioso y la crítica de la cultura colonizada en América Latina. Por lo tanto, creemos que el diálogo arte y ritual realizado por el artista contribuye en la construcción de una performance ritualista que nos revela algo nuevo: el cuerpo del artista como una especie de zona de invención, en el que es posible ampliar su subjetividad y, por tanto, rompe con hábitos corporales, temporales, cognitivos y afectivos.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] Galciani Maria Neves de Araújo
[Membro da Banca] Héctor André Briones Vásquez
[Membro da Banca] Cecilia Almeida Salles
Assunto(s):
[pt] ARTES
[pt] Corpo
[pt] Performance
[pt] Ritual
[pt] Processo de Criação
[es] Cuerpo
[es] Ritual
[es] Performance
[es] Proceso de Creación
[pt] Campos,Wagner Rossi,1966- – Crítica e interpretação
[pt] Corpo como suporte da arte
[pt] Desempenho(Arte)
[pt] Criação na arte
Data da defesa: 27/03/2015
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de Ana Cecília Araújo Soares de Souza
E-mail: anacicasoares@gmail.com

ANA CRISTINA MENDES FAÇANHA | Turma 2013

Oceano (in)vestido – tessituras da distância (inventário de artista)

Autor: Ana Cristina Mendes Façanha
Título(s):
[pt] Oceano [in]vestido: tessituras da distância (inventário de artista)
[en] Ocean [in] dress: tessitura the distance (Artist inventory)
Resumo(s):
[pt] Essa dissertação fala de uma experimentação em processo, fundamentada em colaboração à distância, envolvendo cinco artistas brasileiros que moram fora do Brasil e eu, residente em Fortaleza. O encontro com o texto “Exílio e criatividade” de Vilém Flusser é o ponto inicial dessa pesquisa. Cecília Almeida Salles e Gilbert Simondon, por sua vez, norteiam a escuta do percurso e os atravessamentos ao longo do processo. No trajeto, a partir dos indícios e atenta aos disparos, um experimento artístico emerge e se desenvolve no trânsito da imobilidade para a mobilidade. A experiência é registrada em um diário biográfico e poético compartilhado com os artistas cocriadores, enquanto anfitriões do experimento, recebido como hóspede. Essa escrita (inventário) é construída em paralelo, onde de longe, acompanho os deslocamentos. A viagem vai sendo atravessada por distintas passagens e paisagens, no entanto, questões como de exílio e estrangeiridade dialogam com o processo criativo. De instabilidades em metaestabilidades, inventam-se caminhos performativos pelos quais observo como são afetados pelo gatilho da criação. Relaciono os acontecimentos dessa pesquisa às surpresas e transformações movidas pelos processos de individuação, bem como as percepções por estes acendidas – a relação com o vestuário, por exemplo, é uma delas.
[en] This dissertation speaks about an experimentation in processes, founded on distance collaboration, envolving five brazilian artists living abroad, and I, in Fortaleza. The encounter with Vilém Flusser’s text “Exile and creativity” was the inicial point of this research. Cecília Almeida Salles and Gilbert Simondon, in turn, have guided the hearing of the path and the crossing lines throughout the process. As I follow the route, attentive to the clues and the triggers, an artistic experiment emerges and is developed in the transit from mobility to immobility. The experience was registered in a poetic and biographic diary shared with the co-criators artists, while hosts of the experiment, received as a guest. This writing (inventory) was built in parallel, where, from a distance I followed the shiftings. The journey had been crossed over by diverse landscapes and passages, however, questions about exile and foreingnness dialogued with the creative process. From instabilities by metastabilities, performativives ways have been invented, by wich, I observe how they are affected by the creative impulse. I relate the research events to the transformations and outcomes revealed by the processes of individuation, as well as the perceptions lightened by them – the relation with clothing, for example, is one of them.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] Walmeri Kellen Ribeiro
[Membro da Banca] Deisimer Gorczevski
[Membro da Banca] Galciani Maria Neves de Araújo
[Membro da Banca] Eduardo Jorge de Oliveira
Assunto(s):
[pt] ARTES
[pt] Processo criativo
[pt] colaboração
[pt] disparo
[pt] experimento
[pt] deslocamento.
[en] Creative process
[en] collaboration
[en] trigger
[en] experiment
[en] shifiting
[pt] Vestuário na arte
[pt] Desempenho(Arte)
[pt] Criação na arte
Data da defesa: 27/03/2015
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de Ana Cristina Mendes Façanha
E-mail: anacristinamf@gmail.com

ANNÁDIA LEITE BRITO | Turma 2013

Dos fotogramas ao cinema menor: dispositivos, montagem e movimentos na obra de Solon Ribeiro

Autor: Annádia Leite Brito
Título(s):
[en] From the film frames to the minor cinema: apparatus, montage and movements in Solon Ribeiro’s work
[pt] Dos fotogramas ao cinema menor: dispositivos, montagem e movimentos na obra de Solon Ribeiro.
Resumo(s):
[en] Solon Ribeiro’s work with the frames of classical cinema inherited from his father articulates apparatus through another montage so that these images survive through constant variations made by his gestures in a minor cinema. The solo exhibitions O golpe do corte (2005), Quando o cinema se desfaz em fotograma (2009) and O cinema é meu playground (2013) are investigated following the development of his work over the course of time. The methodology used takes the body of work’s singularities into account to promote the encounter with the theories of important authors, turning them into intercessors in the construction of the discussion. Furthermore, a documental research was accomplished, which included conversations with the artist – Appendix A in the thesis – and the reunion and analysis of archive material regarding his exhibitions. Starting with apparatus theory on film (BAUDRY), the research moves to the concept of apparatus on Agamben’s and Flusser’s philosophy and dispositif on Deleuze’s philosophy, expanding the understanding of cinema to the experiences on an expanded field (PARENTE). The elements of each work are examined to point out the processes and singularities of their configurations. The processual characteristics of the artist’s work is made evident by the repeated use of given frames and by the modification of some apparatuses already shown. The transformation from the classical montage (LEONE; MOURÃO) to the ones Ribeiro produces on space turns him closer to Aby Warburg’s philosophical and historic practice in his Atlas Mnemosyne (1924-1929). The heuristic montage (DIDI-HUBERMAN) found on frames’ time collision is related to Deleuze’s time-image, since both comprise the development of thought through images, emphasizing the difference between the father’s affective and collector practice and the artist’s acts of dislocation which led to frames’ survival (DIDI-HUBERMAN). The changes on each work’s time and space point out to the improbable movements (DUBOIS) placed between the frames’ apparent fluidity and immobility (BELLOUR). Ribeiro’s cinema becoming-photography (FATORELLI) leads to reflection on cinema itself and to the making of a minor cinema (DELEUZE; GUATTARI) that asserts the possibility of other cinema created from the elements of hegemonic cinema’s form (PARENTE).
[pt] O trabalho de Solon Ribeiro com os fotogramas do cinema clássico herdados de seu pai articula dispositivos através de outra montagem para que essas imagens sobrevivam por meio da constante variação operada por seus gestos em um cinema menor. As exposições individuais O golpe do corte (2005), Quando o cinema se desfaz em fotograma (2009) e O cinema é meu playground (2013) são investigadas acompanhando os desdobramentos do trabalho no tempo. A metodologia empregada toma as singularidades do corpo da obra em questão ao tensioná-las com a teoria de importantes autores, tornando-os intercessores na tessitura da discussão. Ademais, foi realizada pesquisa documental, que inclui conversas com o artista – Apêndice A da dissertação – e reunião e análise de material de arquivo referente a suas exposições. A partir da teoria do dispositivo no cinema (BAUDRY), a pesquisa passa aos conceitos de dispositivo na filosofia de Agamben e de Deleuze e de aparelho em Flusser, alargando a noção de cinema para as experiências em campo expandido (PARENTE). Os elementos pertencentes a cada obra são examinados e têm os processos e as singularidades de suas configurações apontados. A característica processual inerente ao trabalho do artista é evidenciada pela reiteração no uso de determinados frames e pelo retorno ou modificação de certos dispositivos já apresentados. As transformações da montagem cinematográfica clássica (LEONE; MOURÃO) para as montagens operadas por Ribeiro no espaço o aproximam da prática filosófico-histórica de Aby Warburg em seu Atlas Mnemosyne (1924-1929). A montagem heurística (DIDI-HUBERMAN) no choque entre os tempos dos fotogramas é relacionada com a imagem-tempo deleuzeana, posto que ambas compreendem uma experimentação que envolve a articulação de um pensamento em imagens, ressaltando a diferença entre a prática afetivo-colecionista do pai e o deslocamento ensejador da sobrevivências (DIDI-HUBERMAN) dos frames pelo artista. As modificações no tempo e no espaço de cada obra apontam para movimentos improváveis (DUBOIS) que se colocam no interstício entre a aparência de fluidez e de imobilidade dos fotogramas (BELLOUR). O devir fotográfico (FATORELLI) do cinema de Ribeiro leva à reflexão sobre a linguagem cinematográfica, conduzindo-a a um cinema menor (DELEUZE; GUATTARI) ao afirmar a possibilidade da construção de um outro cinema engendrado a partir dos elementos da forma cinema (PARENTE) hegemônica.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] Moacir Tavares Rodrigues dos Anjos Júnior
[Membro da Banca] Antonio Pacca Fatorelli
[Membro da Banca] César Augusto Baio Santos
Assunto(s):
[pt] ARTES
[pt] fotogramas
[pt] dispositivo
[pt] montagem
[pt] sobrevivência
[pt] entre-imagens
[pt] cinema menor
[en] frames
[en] apparatus
[en] montage
[en] survival
[en] between-the-images
[en] minor cinema
[pt] Ribeiro,Solon,1960- – Crítica e interpretação
[pt] Ribeiro,Solon,1960- – Exposições
[pt] Fotogramas – Exposições
Data da defesa: 23/03/2015
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de Annádia Leite Brito
E-mail: annadialeite@gmail.com

ARTUR DÓRIA MOTA | Turma 2014

Paisagens caminhantes

Autor: Artur Dória Mota
Título(s):
[pt] Paisagens caminhantes
[en] Landscapes Walking
Resumo(s):
[pt] Esta dissertação é uma proposta de prática caminhante como metodologia do criar. Em vários níveis relacionais, cidade|rua, corpo, casa|quarto, são espaços em mutação que aderem criativamente entre si, gerando faíscas narrativas e novos modos de habitá-los. Um processo caminhante, em que o artista-pesquisador, a partir do caminhar|performance, percorre a cidade propondo intervenções, apropriações, refletindo sobre o próprio processo do fazer|criar artístico. Fortaleza, a cidade em questão, é aprofundada nos resquícios que sua dilatação urbana fez questão de esquecer. Detalhes menores, mas substancialmente potentes, que sustentam a cidade ao mesmo tempo em que sobrevivem a ela, em mais um, entre os tantos paradoxos modernistas. Com os pés, gero com a rua uma justaposição performática de novos saberes. Alquimia caminhante: retorno a uma prática elementar, que pressupõe outro estado de relação com o ambiente. Relação esta que impulsiona capacidades de criação que ascendam a novos modos de vida. A paisagem, por fim, é a marca intensiva deste processo, o meio pelo qual ele aparecerá ao outro, esta terceira parte que vem. A caminhada converge em outras práticas experimentais (coleta, escrita, plantio) e deságua na elaboração de paisagens nômades: corpo de elementos menores acionados por seu próprio estado de desaparecimento.
[en] This dissertation is a propose of practice walker as metodology of creation. In several relational levels, city|street, body, home|room, are spaces on stage of mutation that adhere criatively each other, generating narrative sparks and new forms inhabit it. A walker process, on what the artist|researcher, from the walk|performance, cross the city propond interventions, apropriations and refleting about the owner process to artistic make|create. Fortaleza, the city on the question, is deph the remants that your urban dilatation made question to forgot. Small details, but substancially powerful, that sutented the city, at the same time in surviver to her, in on more, modern paradoxes. With the foot, i create with street a performative overlap of new knowledges. Walker alchemy: return to the elementar practice, which pressuposes another state with relation with the enviroment. Relation it which drives capacities of creation rise a new ways of life. The landscap, ultimely, is the intensive mark, the mode that apears to the other, this third part who comes. The walk converge in another experimental practices (colect, write, plant) and arrive on elaboration of nomads landsacpes: elemental minors body operated for your own desapearing state.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] Walmeri Kellen Ribeiro
[Membro da Banca] Jorge Mascarenhas Menna Barreto
[Membro da Banca] Patricia de Lima Caetano
Assunto(s):
[pt] ARTES
[pt] Caminhar
[pt] Performance
[pt] Cidade
[pt] Corpo
[pt] Paisagem
[en] Walk
[en] Performance
[en] City
[en] Body, Landscape
[pt] Paisagens – Fortaleza (CE)
[pt] Arte – Apreciação – Fortaleza (CE)
[pt] Urbanização Fortaleza (CE)
[pt] Paisagem urbana Fortaleza (CE)
[pt] Arte, Apreciação da $x Temas, motivos Fortaleza (CE) – Narrativas históricas
[pt] Fortaleza (CE) – Descrições e viagens
Data da defesa: 05/02/2016
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de Artur Dória Mota
E-mail: doria.artur@gmail.com

CARLA GALVÃO FARIAS | Turma 2013

Um passeio enativo com Acidum: arte urbana em Fortaleza e a criação de ficções pela cidade

Autor: Carla Galvão Farias
Título(s):
[pt] Um Passeio Enativo com Acidum: Arte Urbana em Fortaleza e a Criação de Ficções pela Cidade.
[es] Un Paseo Enactivo Con Acidum: Arte Urbano En Fortaleza y La Creación De Ficciones Por La Ciudad.
Resumo(s):
[pt] Este estudo trata da relação da arte com a cidade, pensando a arte contemporânea como possibilidade de criação de outras cidades ao provocar diferentes modos de olhar, sentir, imaginar e inventar o espaço-tempo urbano. Interessa pesquisar as intervenções artísticas do coletivo Acidum, em Fortaleza, observando como a arte urbana pode interferir nos modos de ser, de pensar e de viver, criando ficções, modificando o espaço. A pesquisa acontece como um exercício, considerando as contribuições teórico-metodológicas dos estudos de Francisco Varela (1991,2001), em especial, a Abordagem Enativa, que compreende a cognição como a invenção de realidades, opondo-se à noção representativa de uma realidade pré-definida a ser revelada pelo pesquisador. O pesquisar emerge no observar, acompanhando algumas intervenções do coletivo, atualizadas nas anotações do diário de bordo, analisando vídeos e fotografias e realizando “entrevistas enativas”, proposição apresentada nos estudos de Letícia Maria Renault de Barros (2010). O que faz com que algumas imagens produzam inquietação e outras não? Como as intervenções do Acidum afetam os modos de transitar e de olhar a cidade? No percurso da pesquisa, alguns conceitos colaboraram com as análises, em especial, Partilha do Sensível e Ficções, apresentados por Jacques Rancière (2005; 2010). Nessa perspectiva, enfatizo a relação entre arte e política trazendo também contribuições dos estudos de Giorgio Agamben, Hannah Arendt, Chantal Mouffe, Didi-Huberman e Gilles Deleuze. A arte do Acidum pode afetar a cidade à medida que produz imagens que provocam deslocamentos nos modos de olhar daqueles que caminham e as observam. A arte urbana pode problematizar criativamente o cotidiano, abrindo caminhos para a invenção de outras realidades. Constituindo resistências moleculares que florescem em meio à solidez dos preconceitos e das concepções endurecidas. Não seria essa uma função da arte, mas uma potência.
[es] Este estudio trata la relación del arte con la ciudad, pensando el arte contemporáneo como la posibilidad de crear otras ciudades por provocar diferentes maneras de ver, sentir, imaginar e inventar el espacio-tiempo urbano. Me interesa investigar las intervenciones artísticas del colectivo Acidum en Fortaleza, ver como el arte urbano puede interferir en las formas de ser, de pensar y de vivir, creando ficciones, modificando el espacio. La búsqueda se lleva a cabo como un ejercício, teniendo en cuenta los aportes teóricos y metodológicos de los estudios de Francisco Varela (1991.2001), en particular el enfoque enactivo, que comprende la cognición como la invención de realidades, oponiéndose a la idea representativa de una realidad predefinida para ser revelada por el investigador. La búsqueda surge com el observar, acompañando algunas intervenciones del colectivo, actualizadas a través de las notas en el diario de campo, analizando videos y fotos y haciendo “entrevistas enactivas” propuesta presentada en los estudios de Leticia Maria Renault de Barros (2010). ¿Qué hace que algunas imágenes produzcan inquietud y outras no? ¿Como las intervenciones de Acidum afectan los modos de transportar y de mirar la ciudad? En el curso de la investigación, algunos conceptos colaboraron con el análisis, en particular, División de lo sensible y Ficciones, presentados por Jacques Rancière (2005; 2010). En esta perspectiva, subrayo la relación entre el arte y política trayendo también las contribuciones de los estudios de Giorgio Agamben, Hannah Arendt, Chantal Mouffe, Didi-Huberman y Gilles Deleuze. El arte de Acidum puede afectar a la ciudad por producir imágenes que causan cambios en las formas de ver de aquellos que caminan y observan. El arte urbano puede discutir de manera creativa el cotidiano, abriendo el camino para la invención de otras realidades. Constituyendo resistencias moleculares que florecen en medio a la solidez de los prejuicios y concepciones endurecidos. No sería una función del arte, sino una potencia.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] Deisimer Gorczevski
[Membro da Banca] Gloria Maria dos Santos Diógenes
[Membro da Banca] César Augusto Baio Santos
[Membro da Banca] Anna Lúcia dos Santos Vieira e Silva
Assunto(s):
[pt] ARTES
[pt] Arte contemporânea
[pt] Arte Urbana
[pt] Partilha do Sensível
[pt] Ficções
[pt] Acidum.
[es] Arte Contemporáneo
[es] Arte urbano
[es] División de lo sensible
[es] Ficciones
[es] Acidum.
[pt] Arte e sociedade – Fortaleza(CE)
[pt] Arte – Aspectos políticos – Fortaleza(CE)
[pt] Espaços públicos – Fortaleza(CE)
[pt] Arte moderna – Séc. XXI
Data da defesa: 27/03/2015
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de Carla Galvão Farias
E-mail: carlagalvao18@hotmail.com

JOSÉ FLÁVIO GONÇALVES DA FONSECA | Turma 2014

Por um Teatro do Devir: a criação em processo no diálogo da Trupe Motim com o Teatro de Tadeusz Kantor

Autor: José Flávio Gonçalves da Fonseca
Título(s):
[pt] Por um Teatro do Devir: A criação em processo no diálogo da Trupe Motim com o Teatro de Tadeusz Kantor
[en] BY A THEATER OF DEVIR:THE CREATION IN PROCESS OF TRUPE MOTIM IN DIALOGUE WITH THE THEATER OF TADEUSZ KANTOR
Resumo(s):
[pt] A seguinte dissertação se apresenta enquanto um registro de um rastro de passagem em uma experimentação que se dá no âmbito da processualidade na criação cênica. A investigação aqui proposta parte do diálogo traçado entre o Teatro do artista Polonês Tadeusz Kantor e o coletivo de artistas da cidade de Quixeré, Ceará, denominado Trupe Motim. Para tanto este diálogo se efetivou a partir da percepção à respeito do caráter processual presente na poética de Tadeusz Kantor que serviu enquanto disparo para a realização de um trabalho de criação junto à Trupe Motim. No percurso do processo de pesquisa, problematizou-se o ato de ensaiar, trazendo enquanto discussão este como método de pesquisa, tensionando a relação da pesquisa em arte, ou seja, o próprio processo enquanto método de pesquisa em contraponto aos métodos da pesquisa clássica. Desse modo, o percurso traçado neste trabalho, tem como questão a relação da arte em seu aspecto autorreferencial, trazendo para a discussão, a dinâmica dos fluxos molar e molecular, a partir do referencial da filosofia de Deleuze & Gattari. Desta forma, o experimento efetuado se dá na perspectiva do jogo entre os fluxos molar e molecular, uma vez que questiona a ideia de obra de arte acabada e busca trabalhar na ideia de uma obra que se realiza em seu aspecto processual e nesse sentido, se abre para a realização cênica enquanto uma construção em devir. Estes aspectos acima descritos se mostram inclusive na própria apresentação desta dissertação que joga com a quebra da normatização, uma vez que propõe uma leitura que se estabelece em meio às possibilidades do acaso, se dando, portanto, também em uma leitura em processo.
[en] The following dissertation presents itself as a record of a trace of passage in a trial that takes place within the processuality in the scenic creation. The research proposed here of the dialogue drawn between the theatre of the polish artist Tadeusz Kantor and the collective of artists of the city of Quixeré, Ceará, called Trupe Motim. To this end this dialogue was effective from the perception regarding the procedural character present in the poetry of Tadeusz Kantor who served as a trigger for carrying out creative work by the Trupe Motim. In the course of the research process, problematized is the act of rehearsing, bringing as discussion this as a research method, straining the relationship of research in art, that is, the process itself as a research method in contrast to the methods of classical research. Thus, the path traced in this work is to question the art of relationship in their self-referential aspect, bringing to the discussion, the dynamics of molecular and molecular flows from the framework of the philosophy of Deleuze & Gattari. Thus, the made experiment takes place in the context of the match between the molar flow and molecular as it questions the idea of art work finished and seeks to work on the idea of a work that takes place in its procedural aspect and in that sense, opens to the scenic realization as a building becoming. These above aspects are even show the actual presentation of this dissertation playing with breaking the regulation, since proposes a reading that takes place amid the possibilities of chance, giving thus also in a reading process.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] Héctor André Briones Vásquez
[Membro da Banca] Mara Lúcia Leal
[Membro da Banca] Patricia de Lima Caetano
Assunto(s):
[pt] ARTES
[pt] Processualidade
[pt] Tadeusz Kantor
[pt] Trupe Motim
[en] Processuality
[en] Tadeusz Kantor
[en] Trupe Motim
[pt] Kantor,Tadeusz,1915-1990 – Crítica e interpretação
[pt] Teatro experimental – Polônia
[pt] Teatro experimental – Quixeré(CE)
[pt] Trupe Motim(Grupo teatral)
Data da defesa: 18/02/2016
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de José Flávio Gonçalves da Fonseca
E-mail: flavio.g.f@hotmail.com

JOSÉ JULIANO BARBOSA GADELHA | Turma 2014

O sensível e o cruel: uma aprendizagem pelas performances sadomasoquistas

Autor: José Juliano Barbosa Gadelha
Título(s):
[pt] O sensível e o cruel: uma aprendizagem pelas performances sadomasoquistas
[en] The sensible and the cruel: a learning by the sadomasochist performance
Resumo(s):
[pt] Esta dissertação trata da experimentação com as performances sadomasoquistas em um processo de pensamento e criação antropológico e artístico, construindo uma poética da crueldade. Nas aprendizagens desse trajeto, o autor vai propondo a realização de uma instalação-performativa que transmita os signos sensíveis (figurativos e figurais) do sadomasoquismo. Os atravessamentos teóricos vão da antropologia simétrica de Bruno Latour, o teatro da crueldade de Antonin Artaud, a literatura de Clarice Lispector, a filosofia do sensível de Jacques Rancière, a filosofia nômade de Deleuze e Guattari aos Performance Studies e os saberes dissidentes da Queer Theory, em especial com o saber da contrassexualidade de Paul Beatriz Preciado. Nas tomadas de sensação e representação das aprendizagens, buscar-se-á seguir as linhas de força que permitam ao conhecimento antropológico-artístico se movimentar pelas simultaneidades das agências culturais e das agências naturais que, na guinada pós-estruturalista, disparam rumo às novas perspectivas do que sejam as artes, os gêneros, os sexos, as sexualidades e as atuais máquinas de produção-injunção-reapropriação dos prazeres e das tecnologias dos corpos. Em suma, a dissertação tem o afecto como eixo daquilo que as ciências chamam de metodologia e o percepto como epistemologia do vivido.
[en] This dissertation deals with the experimentation with sadomasochistic performances in an anthropologic and artistic process of thinking by constructing a poetics of cruelty. On that learning journey, the author will propose the actualization of a performative-installation that transmits sensitive signs (figurative and figural ones) of sadomasochism. The theoretical traverse lines come from Bruno Latour’s symmetrical anthropology, Antonin Artaud’s theatre of cruelty, Clarice Lispector’s literature, the philosophy of the sensible by Jacques Rancière with the nomadic philosophy of Deleuze and Guattari, the Performance Studies, and the dissident knowledges from Queer Theory, specially the contrasexual thinking by Paul Beatriz Preciado. Taking sensation and representation during this learning, the lines of force will be sought by allowing the anthropologic and artistic knowledge to move through the simultaneity of cultural and natural agencies which, in the poststructuralist turn, soar towards new perspectives on what arts, genders, sexualities, the current machines of production-injunction-reappropriation of pleasures and the technologies of bodies could be. To sum up, this dissertation has affect as an axe whose sciences named methodology and the percept as an epistemology of the lived experience.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] Patricia de Lima Caetano
[Membro da Banca] Gloria Maria dos Santos Diógenes
[Membro da Banca] Pablo Assumpção Barros Costa
[Membro da Banca] Mariana Tavares Cavalcanti Liberato
Assunto(s):
[pt] ARTES
[pt] Arte
[pt] Performance
[pt] Prazer
[pt] Sadomasoquismo
[pt] Sensível
[en] Art
[en] Performance
[en] Pleasure
[en] Sadomasochism
[en] Sensible
[pt] Sadomasoquismo
[pt] Performance (Arte)
Data da defesa: 19/02/2016
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de José Juliano Barbosa Gadelha
E-mail: jjulianogadelha@gmail.com

JÚLIA DE CARVALHO MELO LOPES | Turma 2014

Modos de estar juntos: os Lotes Vagos e a invenção do comum, do espaço e do tempo

Autor: Júlia de Carvalho Melo Lopes
Título(s):
[pt] Modos de estar juntos: os Lotes Vagos e a invenção do comum, do espaço e do tempo
[en] Ways of being together: the Lotes Vagos and the invention of the common, the space and the time
Resumo(s):
[pt] Esta pesquisa está motivada em um diálogo entre o projeto Lotes Vagos: Ação Coletiva de Ocupação Urbana Experimental, dos artistas Breno Silva e Louise Ganz, e os conceitos de comum e comunidade segundo o filósofo italiano Giorgio Agamben, bem como outros que atravessam a formulação destes, como impropriedade, tempo, espaço e invenção. O projeto aconteceu em Belo Horizonte (2005/2006) e em Fortaleza (2008), sendo este último nosso interesse principal, composto por sete atividades. Lotes Vagos propunha a ocupação temporária de terrenos baldios. Como método, os artistas acordavam um contrato com os donos dos terrenos enquanto abriam a convocação a qualquer um para as proposições temporárias. Entre muitas de suas camadas de leitura, fica evidente o caráter público dado aos lotes privados. Em outras, o projeto se dá como propositor de uma abertura do espaço para que se faça uma reinvenção de si, atravessados pela ideia de impropriedade que ali se instaura. No decurso dessa investigação, percebemos que o qualquer, na conceituação formulada por Agamben, aquele que, de todo modo, importa, é o usuário das atividades propostas nos terrenos baldios, e que o participante faz, junto com os propositores, a ação acontecer.
[en] This research is motivated in a dialogue between the Lotes Vagos: Coletive Action on a Experimental Urban Ocupation, from the artists Breno Silva and Louise Ganz, and the concepts of common and community, as Giorgio Agamben have discussed it, as well as others that touch the formulation of those ones, such as what is called improper, time, space and invention. The project happened in Belo Horizonte (2005/2006) and Fortaleza (2008), this last one being our main object, composed with seven occupations. Lotes Vagos proposed the temporary occupation of urban vacancies. As a method, the artists made an agreement with the owners of the lands meanwhile opened the invitation to any propositions. In many possibilities of interpretations, Lotes Vagos made evident the public character given to a private space. In others, the project presents an invitation to open up a space to a reinvention of the self. During this investigation, it was possible to understand that whatever, concept developed by Agamben, the one who, in anyway, matters, is the main participant of the propositions on the urban vacancies. It became clear, also, that both artists and whatever user made the action happen.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] Galciani Maria Neves de Araújo
[Membro da Banca] Marisa Flórido César
[Membro da Banca] Héctor André Briones Vásquez
Assunto(s):
[pt] CIENCIAS HUMANAS
[pt] Comum
[pt] Tempo
[pt] Fortaleza
[pt] Lotes Vagos
[pt] Qualquer
[en] Common
[en] Time
[en] Fortaleza
[en] Lotes Vagos
[en] whatever
[pt] Análise do diálogo
[pt] Espaço e tempo
[pt] Comunidades
Data da defesa: 05/02/2016
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de Júlia de Carvalho Melo Lopes
E-mail: julialopesss@gmail.com

JÚLIA PEREDO SARMENTO | Turma 2013

Enlouquecer o rasaboxes: produção de intensidades no trabalho do ator

Autor: Júlia Peredo Sarmento
Título(s):
[en] The crazy rasaboxes: production intensity in the actor’s work
[pt] Enlouquecer o rasaboxes: produção de intensidades no trabalho do ator
Resumo(s):
[en] Rasaboxes is a playful dynamic of physical training for actors / performers practiced on a tray, on other words, on a square drawn on the floor, divided in nine boxes. This boxes are named with nine rasas, or flavors, in sanskrit. The player must try each rasa, putting it bodily in the space. The player must change immediately his body state whenever changes the box. The rasas are: bibhasta/disgust, sringara/love, bhayanaka/fear, hasya /laugh, adbhuta/surprise, vira/courage, karuna/sadness, raudra/anger and shanta/peace. Based on the derridian notion of getting the subjetil crazy, there was a practical investigation where the words that constitute the Rasaboxes’s tray were deployed in synonymous and gradations, creating other eight trays that invite to exercise the production of affections on / for the body. This work pretends to discuss the results of this research through three decisive instances of the Rasaboxes – the space, the words and the body. Notions as the Neutral , the sensation and the vibrating body dialogue with this study to think intensively the actor labor nowadays.
[pt] O Rasaboxes é uma dinâmica lúdica de treinamento físico para atores/performers praticada num tabuleiro, ou seja, num quadrado riscado no chão, dividido em nove boxes, nomeados com nove rasas, ou sabores, em sânscrito. O jogador deve experimentar cada rasa, colocando-a corporalmente no espaço. Sempre que mudar de box, o jogador deve mudar imediatamente seu estado corporal. As rasas são: Bibhasta-nojo, Sringara-amor, Bhayanaka-medo, Hasya-riso, Adbhuta-surpresa, Vira-coragem, Karuna-tristeza, Raudra-raiva e Shanta-paz. A partir da noção derridiana de enlouquecimento do subjétil, fez-se uma investigação prática onde as palavras que compõem o tabuleiro foram desdobradas em seus sinônimos e gradações, criando outros oito tabuleiros que convidam a exercitar a construção de afetos no/pelo corpo. Essa dissertação pretende discutir os resultados advindos dessa investigação a partir de três instâncias decisivas do Rasaboxes – o espaço, as palavras e o corpo. Noções como o Neutro, a sensação e o corpo vibrátil dialogam com essa pesquisa para pensar intensivamente o trabalho do ator na contemporaneidade.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] Héctor André Briones Vásquez
[Membro da Banca] Ana Lúcia Martins Soares
[Membro da Banca] Patricia de Lima Caetano
Assunto(s):
[pt] ARTES
[pt] Rasaboxes
[pt] Treinamento
[pt] Ator
[pt] Subjétil
[en] Rasaboxes
[en] Training
[en] Actor
[en] Subjétil
[pt] Atores – Treinamento
[pt] Corpo como suporte da arte
[pt] Desempenho(Arte)
Data da defesa: 27/03/2015
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de Júlia Peredo Sarmento
E-mail: juliasarmento1@gmail.com

KATHLEEN RAELLE DE PAIVA SILVEIRA | Turma 2014

O corpo inscrito na criação poética de Letícia Parente

Autor: Kathleen Raelle de Paiva Silveira
Título(s):
[pt] O corpo inscrito na criação poética de Letícia Parente
[en] The body enrolled in poetic creation Leticia Parente.
Resumo(s):
[pt] A presente dissertação analisa alguns trabalhos da criação artística de Letícia Parente abordando o marcante uso dos temas do cotidiano em suas obras. Assim, investigamos de que maneira a artista que profissionalmente exercia o magistério em Química aproximava a arte da vida em suas criações artísticas. A partir dessa análise, observamos diferentes usos que Letícia faz do corpo como lugar de experimentação em consonância com a produção de outros artistas de maneira a compreendemos como o percurso de Letícia Parente na arte se aproxima dos pressupostos que se atribuem à arte contemporânea, em especial à performance.
[en] This dissertation analyzes some works of artistic creation Leticia Parente addressing the striking use of everyday themes in his works. Thus, we investigated how the artist professionally exercised teaching in chemistry approached the art of living more attentive way to the presence vest in their artistic creations. From this analysis, we observed different uses Leticia makes the body as a place of experimentation in line with the production of other artists in order to understand how the route Leticia Parente in the art approaches the assumptions that are attributed to contemporary art, especially the performance.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] Claudia Teixeira Marinho
[Membro da Banca] Rosane Preciosa Sequiera
[Membro da Banca] Patricia de Lima Caetano
Assunto(s):
[pt] ARTES DO VIDEO
[pt] Letícia Parente
[pt] Arte
[pt] Performance
[pt] Corpo
[en] Leticia Parente
[en] Art
[en] Performance
[en] Body
[pt] Parente, Letícia, 1930- 1991 – Vida e obra
[pt] Vídeoarte
[pt] Arte contemporânea
[pt] Pop arte
Data da defesa: 15/06/2016
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de Kathleen Raelle de Paiva Silveira
E-mail: raellesilveira@hotmail.com

MARISE LÉO PESTANA DA SILVA | Turma 2013

As peles que dançam: pistas somáticas para outra anatomia

Autor: Marise Léo Pestana da Silva
Título(s):
[pt] As Peles que Dançam: Pistas Somáticas para Outra Anatomia
[en] The skins that Dancing: Somatic Clues to Another Anatomy
Resumo(s):
[pt] Na história da dança contemporânea, a recorrente hibridação com outras linguagens artísticas vem abrindo vias de experimentação e constituindo planos de consistência criativos que consideram a dança em sua força estética, política e afetiva. Desde seu surgimento e consolidação como prática corporal, a Educação Somática vem ressoando de forma significativa com a dança, ocupando um lugar reconhecido e um status “de saber sobre o corpo” que se opõe a uma ordem pedagógica do modelo e da forma, em benefício de uma valorização do sentir e da desintegração do conceito de representatividade. Algumas inquietações repercutem a necessidade de investigação sobre o possível território onde operam os métodos somáticos: como a educação somática possibilita o gesto dançado? Quais os aportes para a criação em dança contemporânea? Que anatomia transitaria nos territórios das abordagens somáticas e da dança, sendo tais territórios tão movediços, dadas as dissoluções e desconstruções próprias do panorama da contemporaneidade? Diante este cenário, a presente pesquisa tem como objetivo investigar, explorar e promover as reverberações, conexões e ressonâncias possíveis, advindas da prática somática, tendo em vista fornecer subsídios que enriqueçam os processos de criação e expressão artísticos em dança contemporânea. Está ancorada no método da cartografia e opera com alguns conceitos de filósofos como Gilles Deleuze e Félix Guattari, Michel Bernard, Laurence Louppe e José Gil, e pesquisadores como Hubert Godard
[en] In the history of contemporary dance, the recurrent hybridization with other artistic languages has opened trial routes and formed creative plans of some consistency that consider dance in its aesthetic, political and affective strength. Since its emergence and consolidation as body practice, Somatic Education has been resounding significantly with dance, occupying a place and a recognized status of “knowing about the body” that precludes a pedagogical model order and form in favor of an appreciation of the feelling and the disintegration of the concept of representativeness. Some concerns echo the need for research on the possible territory in which they operate somatic methods: how does somatic education enables danced gesture? What are its main contributions to creation in contemporary dance? What anatomy would walk through the territories of somatic and dance approaches, such territories beeing so loose, given the breakups and deconstructions of the contemporary panorama? Facing this background, the present study aims to investigate, explore and promote the reverberations, connections and possible resonances arising from the somatic practice, in order to provide subsidies to enrich the processes of creation and artistic expression in contemporary dance. Such study is anchored in the mapping method and operates with some concepts of philsophers as Deleuze and Felix Guattari, Michel Bernard, Laurence Louppe and José Gil, and researchers as Hubert Godard.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] Patricia de Lima Caetano
[Membro da Banca] Hélia Maria Oliveira da Costa Borges
[Membro da Banca] Héctor André Briones Vásquez
[Co-Orientador] Thereza Cristina Rocha Cardoso
Assunto(s):
[pt] DANCA
[pt] Corporeidade
[pt] Educação somática
[pt] Anatomia
[en] Dance
[en] Corporeality
[en] Somatic Education
[en] Anatomy
[pt] Dança moderna
[pt] Somestesia
[pt] Corpo humano – Aspectos sociais
[pt] Corpo humano – Aspectos simbólicos
[pt] Anatomia humana
[pt] Educação pelo movimento
Data da defesa: 23/03/2015
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de Marise Léo Pestana da Silva
E-mail: mariseleo@gmail.com

SÍRIA MAPURUNGA BONFIM | Turma 2013

Os Excitáveis e as energias invisíveis: artes, ciência e engenhos de luz num panorama sobre o percurso de Sérvulo Esmeraldo a partir dos arquivos do artista

Autor: Síria Mapurunga Bonfim
Título(s):
[pt] Os Excitáveis e as energias invisíveis: arte, ciência e engenhos de luz num panorama sobre o percurso de Sérvulo Esmeraldo a partir dos arquivos do artista.
[fr] Les Excitables et les énergies invisibles: art, science et ingénieries de lumière dans un panorama sur le parcours de Sérvulo Esmeraldo à partir des archives du artiste.
Resumo(s):
[pt] O presente trabalho apresenta um panorama da criação do cearense Sérvulo Esmeraldo, enfocando o diálogo entre a arte e a ciência, a partir dos documentos encontrados em seu arquivo em Fortaleza e no Instituto de Arte Contemporânea (IAC), em São Paulo, com particular atenção para a série Excitáveis, produzida na França durante mais de uma década, entre os anos 60 e 70, com a qual é reconhecido na arte cinética. Utilizou-se como metodologia de pesquisa a crítica de processo, operada por Cecília Almeida Salles, em que analisamos os documentos de processo de Esmeraldo, com maior atenção no discurso do artista com relação ao próprio trabalho, de forma a identificar as marcas do desenvolvimento de seu pensamento científico. Também foram realizadas entrevistas e visitas tanto a exposições do artista como a de outros que dialogassem com a sua poética. Como corpus teórico, procurou-se conferir espaço aos estudos já desenvolvidos por críticos em torno da obra de Sérvulo, além de incluir escritores, cientistas e artistas cujo pensamento estivesse alinhado e estabelecesse conexões com a proposta do cearense e ainda com quem Esmeraldo tivesse mantido convívio. Este trabalho é relevante por abordar, pela primeira vez, o arquivo do artista na França, ainda em processo de catalogação no IAC, durante a pesquisa.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] César Augusto Baio Santos
[Membro da Banca] Deisimer Gorczevski
[Membro da Banca] Almerinda da Silva Lopes
[Co-Orientador] Claudia Teixeira Marinho
Assunto(s):
[pt] ARTES PLASTICAS
[pt] Crítica de processo
[pt] Arte e ciência
[pt] Arte cinética
[fr] Processus créatif
[fr] L’art et la science
[fr] L’art cinétique
[pt] Esmeraldo,Sérvulo,1929- – Crítica e interpretação
[pt] Criação na arte
Data da defesa: 20/03/2015
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de Síria Mapurunga Bonfim
E-mail: siriabonfim@hotmail.com

THALES JOSÉ SOUSA LUZ | Turma 2015

Ossuário: uma poética ritualística da morte na arte da performance

Autor: Thales José Sousa Luz
Título(s):
[pt] Ossuário: uma poética ritualística da morte na arte da performance
[en] Ossuary: a ritualistic poetic of death in performance-art
Resumo(s):
[pt] Esta pesquisa se compõe no cruzamento entre a conjuração da morte em trabalhos artísticos e em práticas de rituais de bruxaria, tendo como ponto de interseção a performance como experiência de materialização de uma poética da morte. Aqui, é traçada uma noção acerca da morte como ação de desestabilização da noção de identidade do corpo, convergindo o pensamento sobre a dinâmica performativa da bruxaria e a arte da performance. Com base nessa relação entre a bruxaria e a arte da performance como experiência de desindividuação, são analisados os trabalhos artísticos Série Silhuetas (1973-1980) e Chicken Piece/Death of a Chicken (1972), ambos da artista cubana Ana Mendieta, e The Burden of Guilt (1995), da artista cubana Tania Bruguera. Na performance experienciada pelas artistas nessas obras, elementos relevantes para uma investigação sobre o corpo em experiência ritual da morte se combinam aos elementos que permeiam o processo de criação artística vivenciado por mim no trabalho chamado Ossuário. Nesse processo, proponho a composição de um trabalho artístico que se apresenta como experiência ritualística da morte, que se desdobra em imersões em descampados áridos no Piauí e em dunas no Ceará, e em experimentos coreográficos com ossos de animais mortos, cujos relatos compartilhados emergem como uma leitura da experiência do corpo no mundo através da morte.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] Pablo Assumpção Barros Costa
[Membro da Banca] Thereza Cristina Rocha Cardoso
[Membro da Banca] Antonio Wellington de Oliveira Junior
Assunto(s):
[pt] ARTES
[pt] Morte
[pt] Ritual
[pt] Performance
[pt] Corpo, Bruxaria
[en] Death
[en] Ritual
[en] Performance
[en] Body
[en] Witchcraft
[pt] Bruguera, Tania, 1968- The Burden of Guilt (1995) – Crítica e interpretação
[pt] Mendieta, Ana, 1948 -1985 – Série Silhuetas (1973-1980) – Crítica e interpretação
[pt] Mendieta, Ana, 1948 -1985 – Chicken Piece (1972) – Crítica e interpretação
[pt] Mendieta, Ana, 1948 -1985 – Death of a Chicken (1972) – Crítica e interpretação
[pt] Performance (Arte)
[pt] Arte Cubana
[pt] Morte na arte
[pt] Ritos e cerimonias fúnebres
[pt] Feitiçaria
[pt] Bruxaria
Data da defesa: 22/02/2017
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de Thales José Sousa Luz

WILMA FARIAS GOIS | Turma 2013

Afetos da obra de Leonilson: arte e vida, mapas e escrita

Autor: Wilma Farias Gois
Título(s):
[pt] Afetos da obra de Leonilson: Arte e Vida, Mapas e Escrita
[en] Affections of the work of Leonilson : Art and Life , Maps and Writing
Resumo(s):
[pt] O estudo é um exercício de aproximações com a obra de José Leonilson (1957-1993), em especial, das escritas que pulsam de suas obras. Tais aproximações se deram a partir de visitas às exposições e ao acervo Projeto Leonilson, de revisões bibliográficas (LAGNADO, 1998; BECK, 2004; RICCIOPPO, 2010; PERIM, 2013; CASSUNDÉ, 2013; PEDROSA, 2014) e documentários (HARLEY, 1997; VIVALVI, 2003). Na compreensão do fazer em arte como pensamento e criação da vida a partir do sensível das sensações, uma orientação cartográfica se faz presente produzindo relações ente arte e vida (DELEUZE e GUATTARI 1992, 1995, 2007; KASTRUP, 2010; ROLNIK, 2014). Nesse sentido, o exercício de uma cartografia de afetos se constitui, na trama das relações entre vida, obra e conceito. O exercício cartográfico se faz a partir de bordados, de forma a costurar questões que afetam a pesquisadora ao estar em contato com as obras. Ao detectar uma escrita que compõe a obra em diferentes momentos, compreende-se a coexistência obra-artista e de como esta produz questões com a arte contemporânea e subjetividade a pensar modos singulares de existir.
[en] The study is an exercise of approaches towards the work of José Leonilson (1957-1993), in particular the writings that pulsate from his art pieces. Such approaches were set forth through visits to exhibitions and to the archives of the Leonilson Project, as well as through literature review (LAGNADO, 1998; BECK, 2004; RICCIOPPO, 2010; PERIM, 2013; CASSUNDÉ, 2013; PEDROSA, 2014) and documentary videos (HARLEY, 1997; VIVALVI, 2003). Within the understanding of art making as thought and creation of life based on sensitive sensations, a cartographic orientation is present, producing relations between art and life (DELEUZE and GUATTARI 1992, 1995, 2007; KASTRUP, 2010; ROLNIK, 2014;). In this sense, a cartography of affections is crafted through an exercise of weaving together the relations among life, artwork and concept. The composition of this cartography is based on embroideries, in such a manner to sew the questions that affect this researcher as she gets in touch with the artist’s work. After detecting a peculiar writing that makes up the artworks at different moments, the very co-existence of the artwork-artist is understood, and how it produces questions with contemporary art and subjectivity, thus thinking of unique ways to exist.
Titulação: Mestre em Artes
Contribuidor(es):
[Orientador] Deisimer Gorczevski
[Membro da Banca] Moacir Tavares Rodrigues dos Anjos Júnior
[Membro da Banca] Galciani Maria Neves de Araújo
[Membro da Banca] Karla Rosane do Amaral Demoly
Assunto(s):
[pt] ARTES
[pt] Leonilson
[pt] Arte Contemporânea
[pt] Obra de Arte
[pt] Cartografia
[en] Leonilson
[en] Contemporary Art
[en] Artwork
[en] Cartography
[pt] Leonilson,José,1957-1993 – Crítica e interpretação
[pt] Arte moderna – Séc. XX
[pt] Subjetividade
Data da defesa: 07/08/2015
Arquivo(s):
PDF – Dissertação de Wilma Farias Gois
E-mail: wilmafg@gmail.com